Inspire-se como administrador

3 filmes que inspiram administradores

icone calendario04.09.2014 - 14:32

O Blog da AIEC selecionou alguns filmes que irão te ajudar a perceber diversas situações vividas por administradores.

Inspire-se como administrador

Inspire sua determinação, reflita sobre suas escolhas e empreenda com novas ideias. Se você já assistiu, assista novamente, mas com um novo olhar sobre eles.

 

Assistir filmes pode ser uma forma de aprender sobre outras culturas, imaginar outros mundos, ter emoções diferentes. Ao mesmo tempo, pode ser divertido e agradável. Se esses já são bons motivos para fazer uma “sessão pipoca”, veja que também é possível aprender e refletir. Confira a seguir.

Responsabilidade, superação e conquista 

Filme - O Discurso do Rei

O Discurso do Rei (2011)

Dirigido por: Tom Hooper

Com: Colin Firth, Helena Bonham Carter, Derek Jacobi

Gênero: Histórico, Drama, Biografia

Nacionalidade: Reino Unido

Classificação Indicativa: 12 anos

 

Este filme é baseado na história de George (futuro rei George VI) que, por ser gago, enfrentava sérias dificuldades, visto que era necessário fazer discursos frequentes, o que poderia transmitir insegurança ao povo e prejudicaria sua autoridade. Desesperançado, George conhece Lionel Logue, um terapeuta de fala, o qual usava um  método pouco convencional. Lionel acaba atuando também como psicólogo e, principalmente, motivador, ultrapassando as barreiras que existem entre um rei e as outras pessoas para que seu dever seja cumprido e o método seja eficaz. Neste filme é possível perceber que muitas vezes, diante de uma situação, um gestor precisa ser tão firme quanto Lionel, mas sem perder a delicadeza e o bom humor.

O Discurso do Rei ganhou sete prêmios BAFTA e quatro Oscars, sendo eles o de melhor filme, melhor diretor para Tom Hooper, melhor ator para Colin Firth como Jorge VI e melhor roteiro original.

 

Reflexão sobre as escolhas da carreira profissional

Filme - Amor Sem Escalas

Amor sem escalas (2009)

Dirigido por: Jason Reitman

Com: George Clooney, Anna Kendrick, Jason Bateman

Gênero: Drama, Comédia

Nacionalidade: EUA

Classificação Indicativa: 12 anos

 

Originalmente, o filme tem o nome “Up in the air” (No ar). Ryan Bingham é o personagem principal do filme. Ele se tornou frio ao exercer por muito tempo a função de demitir pessoas em vários locais do país, o que o faz viajar a maior parte do ano. Porém, ele tem seu emprego ameaçado por um sistema de videoconferência que permite que as demissões sejam feitas sem que seja necessário viajar. Para demonstrar a importância do seu trabalho, ele resolve levar a criadora do sistema de videoconferências em suas viagens.

O filme nos faz refletir sobre o curso de nossas carreiras, onde o trabalho começa a tomar o espaço da vida social, ao mesmo tempo fala das relações de trabalho e o cuidado que se deve ter ao utilizar a tecnologia para substituir certas funções. Assistindo “Amor sem Escalas” os administradores podem perceber o conflito que há entre a gerência tradicional e a gerência nova, que salta das escolas de negócios transformando as relações.

“Amor sem Escalas” recebeu sete indicações ao Oscar, entre eles Melhor Ator (George Clooney), Melhor Diretor (Jason Reitman) e Melhor Filme.

 

Empreendedorismo

Filme - De Pernas pro Ar

De Pernas pro Ar (2010)

Dirigido por: Roberto Santucci

Com: Ingrid Guimarães, Bruno Garcia, Maria Paula

Gênero: Comédia

Nacionalidade: Brasil

Classificação Indicativa: 14 anos

 

“De Pernas pro Ar” é uma comédia brasileira que fala de família, amor e negócios de forma criativa e engraçada. Alice, mãe e esposa, é viciada em trabalho e não tem dado o devido valor à sua família. Até que perde o marido e o emprego no mesmo dia. Abalada, ela conhece uma vizinha que a ajuda a redescobrir certos prazeres da vida, reconquistando sua autoestima e motivando a correr atrás do que foi perdido. Juntas, elas investem em um sex shop falido e apostam em um novo método de negócio, demonstrando a capacidade empreendedora de Alice. Como administrador, você poderá dar muitas risadas enquanto aprende que a família e o trabalho devem ter seus papéis preservados, ao mesmo tempo em que acreditar em negócios inovadores pode valer a pena.