Como empreender sem deixar o emprego

icone calendario24.02.2016 - 18:37

Em um estudo recente da Universidade de Bentley, mais de 66% dos Millennials (também chamado de Geração Y ou Geração da Internet) disseram que têm desejo de ter um empreendimento. Contudo, Ryan Robinson, um empresário que ensina pessoas a terem seus próprios negócios, identificou que há três razões mais comuns pelas quais elas não empreendem: falta de confiança em si mesmo, uma percepção de falta de recursos necessários, e, acima de tudo,  falta de motivação.

 

Se iniciar um negócio bem-sucedido usando integralmente o seu tempo já é muito difícil, imagina se você faz isso enquanto ainda está empregado. É ainda mais penoso. Porém, muitas vezes é necessário ter uma renda estável para financiar o início do seu negócio. Para esses casos, é preciso seguir um plano e Ryan dá algumas dicas.

 

1. Pergunte a si mesmo quais são todas as prioridades da sua vida

Faça uma lista de todas as atividades e compromissos que você tem, descrevendo a quantidade de tempo que você dedica a cada um durante uma semana. Veja no que você pode diminuir o seu envolvimento para se concentrar no seu empreendimento. Pense as coisas fáceis primeiro: o tempo gasto assistindo TV, jogando videogames ou navegando no Facebook e Instagram. Quanto mais tempo você liberar, mais rápido os resultados virão.

alvo

 

2. Identifique suas competências, habilidades e fraquezas

Quais habilidades a sua ideia de negócio exige? Você deve possuir pelo menos algumas delas. Sobre as que você não tem, terá que tomar uma decisão difícil: gastar tempo aprendendo uma nova habilidade ou terceirizar para alguém que possa ajudar. Pense sobre isso.

 

3. Defina metas detalhadas, mensuráveis e realistas

Sem definir metas atingíveis e prazos realistas para si mesmo, você vai gastar muito tempo “andando em círculo”. Ryan explica que, no início, suas metas diárias estarão mais suscetíveis às pequenas vitórias, então você vai gradualmente começar a bater marcos semanais, mensais e assim vai estar mais perto de lançar o seu negócio.

 

4. Terceirize

A questão é ter foco. Procure terceirizar cada parte do seu negócio que for possível. Obviamente, você não quer que outra pessoa planeje suas metas ou diga 100% o que o seu produto ou serviço deva ser. A verdadeira questão é que você precisa estar apenas fazendo o que faz melhor.

 

logo-aiec-facebookAIEC, o único sistema de ensino a distância com qualidade superior ao presencial.

Conheça nossos cursos, clicando aqui.

 

 

E então, já sabe como empreender sem deixar o emprego? Conte para nós! Deixe seu comentário aqui no Blog da AIEC ou entre em contato conosco no Facebook  ou pelo e-mail atendimento@aiec.br

 

Fonte: Universia [com adaptações].