Como as falhas constroem um bom líder

icone calendario26.01.2016 - 19:42

Não tem como dizer que o fracasso é um sentimento agradável. Evitamos falhar de todas as formas possíveis e isso não está errado. O problema é que com todo esse medo, não conseguimos assumir certos riscos que seriam, de certa forma, até bons para nós. Dedicar-se a cometer falhas não é o ideal, mas entender e aceitar que elas acontecerão é importante. Um bom líder deve olhar positivamente para suas falhas.

AJ Agrawal é empreendedor, escritor, palestrante, CEO e cofundador da empresa Alumnify. Com toda essa experiência, ele descreve no site americano Inc.com, alguns motivos que deveriam nos fazer pensar melhor sobre nossas falhas, principalmente enquanto líderes e empreendedores. Veja a seguir.

 

1. O fracasso formou líderes

Os maiores líderes do mundo foram formados por seus fracassos. Segundo Aj, as decisões mais gratificantes que tomamos na vida são uma reação ao fracasso. Ele dá o exemplo de alguns executivos de tecnologia, como os fundadores do Google que abandonaram a faculdade (o que poderia ter sido considerado um fracasso), mas criaram uma empresa memorável.

2. Falhar cria resiliência para gerir

Para Aj, resiliência é a forma como as pessoas reagem sob pressão e como eles se recuperaram de uma decepção. Para ele, a única forma de ganhar resiliência é aceitando o desafio de falhar. “Não há líderes que nascem para ser líderes”, explica. É a experiência e a resiliência conquistada depois do fracasso que forma, gradativamente, os bons líderes.

3. A falha cria novos caminhos

Para alcançar o sucesso é preciso pensar fora da caixa, inovar. Quem segue modelos predeterminados nunca alcançará resultados diferentes, mas para isso é preciso estar preparado para errar. Aceitar o fracasso, aprender com ele e usá-lo como um empurrão para ir mais longe é o que torna possível criar novos caminhos e ter resultados surpreendentes.

lider-normal

4. O líder “falível” conquista os funcionários

Para Aj, não há nada pior do que trabalhar para alguém que não aceita que é possível algo dar errado. Pessoas assim tendem a culpar um funcionário de nível inferior ou simplesmente ignorar o que deu errado. E, além de tudo, não aprendem com o resultado ruim. Essa é uma péssima característica para um líder.

Por outro lado, pessoas que entendem que é possível falhar e, ainda, aprendem com os erros, incentivam e criam uma boa imagem diante de seus liderados. É claro que o fracasso não será o objetivo, mas, se ele acontecer, não será motivo para destruir tudo o que foi conquistado.

 

 

logo-aiec-facebookAIEC, o único sistema de ensino a distância com qualidade superior ao presencial.

Conheça nossos cursos, clicando aqui.

 

 

E então, quais características você acha que um bom líder deve ter? Conte para nós! Deixe seu comentário aqui no Blog da AIEC ou entre em contato conosco no Facebook  ou pelo e-mail atendimento@aiec.br

 

Fonte: Inc.