Ensino a distância se consolida no país

icone calendario24.07.2013 - 10:59

Modalidade reúne cerca de 1 milhão de alunos e avança para Norte, Nordeste e Centro-Oeste do Brasil

ensino-a-distância

A necessidade de investir na carreira, em uma especialização, aliada à impossibilidade de freqüentar cursos presenciais, tem levado estudantes e profissionais de diferentes áreas a optar pelo ensino à distância. Os resultados dessa opção se refletem em números: hoje, essa modalidade de ensino é a que mais cresce no Brasil.

Segundo censo divulgado pelo Ministério da Educação, o ensino à distância no Brasil já contempla cerca de 1 milhão de alunos em cursos de graduação. Embora 75% desses alunos estejam concentrados nas regiões Sul e Sudeste, muitas instituições já mobilizam esforços para atender à crescente demanda no Norte, Nordeste e Centro- Oeste do país, acompanhando o crescimento econômico desses Estados.

Principalmente em um país como o Brasil, de dimensões continentais, o EAD é visto como uma alternativa para a promoção do ensino de qualidade voltado para o mercado de trabalho. Ou seja, uma forma democratizar o acesso ao ensino superior, uma vez que uma de suas vantagens está na possibilidade de levar cursos de graduação a municípios distantes, onde não há professores. A AIEC conhece bem esse movimento, já que há anos forma  profissionais que residem em outros países, como Angola, Japão e Moçambique. Brasileiros que trabalham fora e precisam dar continuidade à sua formação e manterem-se em dia com as exigências do mercado de trabalho.

Caso tenha interesse em desenvolver uma pauta com este tema, representantes da Faculdade AIEC podem  ser fonte para essa pauta. Com 10 anos de atuação nesse segmento, a AIEC é a única faculdade com ensino à distância do Brasil com Certificação ISO 9001/2008, a AIEC foi a primeira Faculdade de Administração via Internet autorizada pelo Ministério da Educação (MEC), em 2001 e o primeiro curso de Administração a distância reconhecido pelo MEC.