Esporte, empreendedorismo e ação social

icone calendario08.05.2014 - 10:13

Foto: Cristiano Costa

Ex-atleta da Seleção Brasileira de Vôlei, considerada a melhor líbero do mundo, deixa a posição de defesa e assume o papel de empreendedora na criação de projeto social.

Ultrapassar os próprios limites sendo atleta de alto rendimento, enfrentar novos desafios sendo mãe, administradora e empreendedora, tudo contribuiu para realização de um projeto social de sucesso, sonho da ex-atleta Ricarda Lima. Ela contou sua trajetória na edição nº 14 da Revista Ideias em Gestão da Faculdade AIEC. Coordenadora dos Centros Olímpicos do Governo do Distrito Federal, Bacharel em Administração pela Faculdade AIEC, Ricarda é uma das idealizadoras do projeto social Amigos do Vôlei, iniciado em 2005 na cidade natal da jogadora, Taguatinga (DF).

A história

Após o término da carreira no vôlei e o nascimento de seu filho, Ricarda e sua parceira de jogo, Leila, retornaram ao Distrito Federal com o objetivo de dar a crianças e adolescentes uma oportunidade de crescer pelo esporte, assim como elas. É claro que tornar esta ideia realidade não foi tarefa fácil. Inicialmente, o projeto contou com colaborações da iniciativa pública, privada e do terceiro setor. Aos poucos o trabalho foi tomando corpo e Ricarda percebeu que era necessário se qualificar.

Primeiramente, ingressou no curso de Administração na Faculdade UPIS, porém, esbarrou na barreira que muitas mães estudantes e empreendedoras encontram: a falta de tempo para estudar em um curso presencial. Foi então que a ex-atleta iniciou seu curso na Faculdade AIEC, onde a flexibilidade de tempo contribuiu para que ela investisse mais no projeto e na criação de seu filho. Mas não parou por aí, ela conta que “para cumprir cada módulo de estudo, precisei da disciplina que é exigida também no esporte de alto rendimento, e da determinação, que sempre fez parte da minha vida”. A administradora guarda sua medalha olímpica e o diploma da AIEC como realizações importantes, superadas após a maternidade.

Em 2006, foi fundado o Instituto Amigos do Vôlei que contou com o apoio do Sistema S. O Sebrae deu uma força, ajudando a elaborar uma proposta de implantação e operacionalização que, mais tarde, em conjunto com as experiências adquiridas até esse momento, fez com que Ricarda e outros 150 colaboradores inaugurassem a primeira Vila Olímpica do Distrito Federal em Samambaia.

Preparada para um grande desafio

Em 2011, certa de que o Instituto Amigos do Vôlei estava em boas mãos, Ricarda deu mais um grande passo em sua carreira e no sonho de proporcionar oportunidade através do esporte. Ela passou a colaborar com a capacitação, implantação e padronização de processos para inauguração de outros Centros Olímpicos pela Secretaria de Esportes do Distrito Federal.

Hoje, Ricarda deixa como mensagem que “coisas incríveis acontecem para aqueles que acreditam em seus sonhos, trabalham com vontade inabalável, buscam constantemente a excelência em tudo o que fazem e valorizam o trabalho em equipe”. Afirma, “desafio é o que me motiva sempre! Meu desejo é continuar contribuindo para o desenvolvimento da minha cidade, trabalhando muito e fazendo duas coisas que amo: administração e esporte”.

A oportunidade

Assim como Ricarda, quem tem o sonho de realizar um projeto social e ir além sendo um empreendedor de sucesso, pode contar com o mesmo suporte acadêmico que ela recebeu da Faculdade AIEC. Há mais de dez anos, o curso de Bacharelado em Administração forma administradores através de um dos melhores programas on-line do Brasil. Nossos graduados obtêm sucesso na carreira e atingem posições de liderança porque empresas de todo o Brasil reconhecem o valor de um diploma da AIEC. As inscrições para o vestibular para ingresso no segundo semestre de 2014 estão abertas. Clique aqui para inscrever-se ou clique aqui para conhecer outros cursos.

Leia a história completa contada por Ricarda Lima na Revista Ideias em Gestão. Clique aqui.