Não dê ouvidos a esses conselhos de carreira

icone calendario12.08.2015 - 11:35

Algumas recomendações que se ouve por aí não são boas para sua carreira. Apesar de serem frequentes,  e aparentarem ser positivas, elas podem representar algo negativo ao invés de incentivar seu crescimento. Não dê ouvidos a qualquer conselho, avalie os impactos reais na sua vida e, se possível, pergunte a especialistas. A seguir, veja as recomendações listadas por Adriana Gomes, André Caldeira, Paulo Alvarenga e Eduardo Ferraz, especialistas de carreira entrevistados pela revista Exame.

 

Conselho ruim #1 – Você pode ser tudo o que quiser, basta se esforçar

O certo é focar e aprimorar as habilidades que você tem. Quando se faz essa afirmação, é deixado de lado o fato de que cada pessoa tem habilidades e aptidões diferentes. Para valorizar sua carreira, invista seu esforço nas suas próprias aptidões ao invés de perder tempo tentando coisas complicadas para você ou amplas demais.

 

Conselho ruim #2 – Manda quem pode, obedece quem tem juízo

Isso definitivamente não é legal quando se trata de regras e ordens absurdas ou incoerentes. Hoje em dia as coisas são mais flexíveis e as empresas estão em busca de profissionais capazes de refletir e avaliar situações diversas, o que também torna a inovação possível.

 

Conselho ruim #3 – Não mencione cursos de excelência no currículo

Não se deve tirar do currículo o que é relevante para a área e cargo pretendido, principalmente uma boa qualificação. Esse conselho geralmente é dado com a argumentação de que pode assustar os recrutadores. Segundo os especialistas, isso é um engano.

 

Conselho ruim #4 – Fique pelo menos 5 anos na mesma empresa

Ficar 10, 20 ou 30 anos na mesma empresa era bem comum há alguns anos. Hoje não existem receitas prontas quanto a isso, pois o foco está no resultado, independente do tempo.

 

Conselho ruim #5 – Quem está empregado não precisa atualizar o Linkedin

“Não se deve abandonar a atualização das experiências. É importante manter-se visível”, afirma Adriana Gomes. Não deixe para cuidar disso somente quando o desemprego chegar.

 

Conselho ruim #6 – Coloque sua carreia acima de tudo

O equilíbrio é sempre a melhor opção. Com a carreira em primeiríssimo lugar, é fácil ter conflitos com a vida pessoal e, até, com a ética. Não vale a pena esquecer tudo e focar somente na carreira, lembre-se de que é preciso manter todas as áreas em harmonia.

 

Conselho ruim #7 – Seja o primeiro a chegar e o último a sair

Não importa o tempo gasto e sim a produtividade. Não adianta ficar muitas horas na empresa e não fazer com que elas sejam produtivas. Aliás, ficar muitas horas sem descanso pode até comprometer a produtividade.

 

 

logo-aiec-facebookConheça os cursos da Faculdade AIEC clicando aqui.

AIEC, ensino a distância levado a sério.

 

 

 

E então, já ouviu algum desses conselhos? Conte-nos. Deixe sua mensagem aqui no Blog da AIEC ou entre em contato conosco no Facebook.

 

Fonte: Exame | Blog da AIEC