Novas tecnologias na educação

icone calendario18.11.2015 - 17:06

Cultiva um pensamento muito errado aquele que acredita que na sala de aula não tem espaço para tecnologia. Atualmente, muita gente tem acesso a educação de qualidade justamente por conta do auxílio das novas tecnologias na educação. Cada vez mais crianças e jovens estão conectados e vivem cheios de novas informações a cada minuto. Com isso, os métodos tradicionais de educação precisam ser modernizados. Além do mais, até os adultos estão mais adaptados aos benefícios da tecnologia. Assim, no processo de aprendizagem, os novos métodos podem ser muito eficazes.

Baseado em sua experiência no ramo, Sávio Grossi, CEO e fundador da Pertoo, uma solução educacional de interação entre pais, alunos, professores e instituições de ensino, selecionou algumas tendências de tecnologia educacional que podem se tornar bem conhecidas em pouco tempo. Confira.

 

1. Aprendizagem Móvel (Mobile Learning)

Muitos especialistas apostam que o futuro da educação estará nas telas dos celulares e tablets. Hoje, em muitas instituições de ensino, no Brasil e no mundo, os alunos têm acesso a esses dispositivos e os utilizam para ler, pesquisar, acessar jogos educativos, participar de fóruns, grupos de discussão em redes sociais, etc. A tendência é que esse uso seja cada vez maior e mais qualificado.

 

2. Gamificação (Gamification)

O processo de aprendizagem da geração que nasceu utilizando jogos eletrônicos pode render muito bem quando se utiliza os elementos desse contexto para ensinar. Esse tipo de abordagem pode exercitar a concentração e motivar os estudantes. A Gamificação também não é novidade, mas a tendência é que ela se aperfeiçoe nos próximos anos, pois provavelmente terá muitos investimentos.

 

3. Aprendizagem Adaptativa

Segundo Grossi, essa é uma tendência em educação que está se popularizando no mundo. Também conhecida como Adaptive Learning, “o diferencial dessa plataforma são os conteúdos que podem ser acompanhados de ilustrações, exercícios, vídeos, etc, deixando a aula mais interativa”, afirma.

 

4. Ensino híbrido

estudante-tecnologia

Esse método já vem sendo usado por instituições de ensino que possuem metodologias de ensino mais modernas. Há uma mistura do on-line com o off-line, o aluno estuda virtualmente através de plataformas digitais e há momentos em que o estudo é presencial. Nessa etapa o foco é as relações interpessoais. Um bom exemplo é a Faculdade AIEC, que em seus cursos os conteúdos das disciplinas, os exercícios e outras atividades ficam disponíveis aos alunos via Internet e, também, são realizados encontros presenciais semestrais em que, além das provas, são efetuadas atividades complementares de ensino que valorizam promovem a interatividade e troca de experiências entre os alunos.

 

 

logo-aiec-facebookAIEC, o único sistema de ensino a distância com qualidade superior ao presencial.

Conheça nossos cursos clicando aqui.

 

 

E então, o que achou das tecnologias na educação? Conte para nós. Deixe sua mensagem aqui no Blog ou entre em contato conosco no Facebook.

 

Fonte: Administradores