Saiba mais sobre Análise Swot

icone calendario02.10.2013 - 08:25

O que é a análise Swot?

Swot é a sigla dos termos ingleses Strengths (Forças), Weaknesses (Fraquezas), Opportunities (Oportunidades) e Threats (Ameaças). Como a sigla indica, a análise Swot é o levantamento e a interpretação dos pontos fortes e pontos fracos de uma organização, bem como das oportunidades e ameaças a que ela está sujeita em seu ambiente externo.

 Como e quando foi desenvolvida a análise?

Embora seja bastante divulgada e citada por autores, não há um consenso sobre a origem da Análise Swot.  Alguns autores defendem que a ideia já era utilizada há mais de dois mil anos, pelo general, estrategista e filósofo chinês Sun Tzu (“Concentre-se nos pontos fortes, reconheça as fraquezas, agarre as oportunidades e proteja-se contra as ameaças.” – Sun Tzu, 500 a.C.). Outros autores afirmam que a análise foi criada por dois professores da Harvard Business School, Kenneth Andrews e Roland Christensen. Outros asseguram ainda que a técnica de análise Swot foi elaborada pelo norte-americano Albert Humphrey, durante o desenvolvimento de um projeto de pesquisa na Universidade de Stanford entre as décadas de 1960 e 1970, usando dados da revista Fortune 500.

Qual a utilidade?

Em diversas áreas da administração, a análise Swot é um importante instrumento utilizado para planejamento estratégico, uma vez que se buscam, no interior da organização, os recursos estratégicos, efetivos ou potenciais, ao mesmo tempo em que se procuram os pontos que necessitam de medidas administrativas para sua melhoria. No ambiente externo, o objetivo é identificar como os fatores do ambiente interno podem ser posicionados para explorar o potencial de um recurso ou evitar a exposição de um ponto fraco.

Quais profissionais podem utilizá-la?

Profissionais que ocupam cargos gerenciais, na elaboração de planos estratégicos em diversas áreas como marketing, administração financeira e orçamentária.

No curso de Administração da AIEC, diversas disciplinas da AIEC abordam a análise Swot, cada uma em seu contexto específico, tais como: Plano de Negócios, Marketing Estratégico, Administração Estratégica.

Como é montada uma análise Swot?

A análise Swot é iniciada pela identificação de todos os pontos fortes e pontos fracos da empresa, bem como das oportunidades e ameaças que ela prevê no seu campo de atuação. Para isso, é usado  um quadro em que esses itens possam ser facilmente visualizados. É importante certificar-se de que todos os membros da equipe gerencial tenham validado os itens incluídos, pois quanto mais colaboradores estiverem envolvidos, maiores as chances de a análise refletir a realidade e não a visão de um ou outro dirigente. Deve-se, nesta fase, evitar mascarar as dificuldades e indicar riscos inadequados.

Uma vez listados todos os itens, o segundo passo da análise Swot consiste na discussão e definição da hierarquia entre os pontos identificados.

O terceiro passo é a elaboração da matriz Swot, que possibilita a visualizar a relação entre os itens identificados. Uma vez formatada a matriz, chega-se ao passo final e fundamental da análise: o cruzamento dos itens identificados.

Quais os benefícios da análise para uma empresa?

 Ao permitir a síntese das análises internas e externas da empresa, a análise Swot identifica com precisão elementos chave para a gestão da empresa, o que implica estabelecer prioridades de atuação, por meio da preparação de ações estratégicas para enfrentamento das ameaças.

A aplicação da análise Swot num processo de planejamento pode ainda impulsionar a mudança cultural da organização.