Melhores salários femininos nos EUA

icone calendario02.08.2016 - 15:44

Um levantamento feito pelo Departamento do Trabalho dos Estados Unidos foi analisado pela Revista Forbes e mostrou quais cargos e setores oferecem os melhores salários para mulheres no país. Na análise foram consideradas as ocupações que possuem ao menos 50 mil trabalhadores com média mínima de pagamento semanal de US$ 1.148.

 

Primeira posição do ranking

Como era de se esperar, o topo do ranking é ocupado pelo cargo de CEO. De acordo com a publicação, em 2015 as mulheres que ocupavam essa função ganhavam, em média, US$ 1.836 semanalmente.

 

Segunda e terceira posições do ranking

Com ganhos médios de US$ 1.811, as farmacêuticas ocupam o segundo lugar e as advogadas o terceiro, com remuneração semanal média é de US$ 1.717.

 

Área de Saúde

Alguns cargos ocupados por profissionais de saúde também aparecem no ranking. É o caso das enfermeiras, na quinta posição, fisioterapeutas, na décima oitava, e outras como psicólogas, gestoras de serviços médicos e fonoaudiólogas.

 

Área de Ciências, Tecnologias, Engenharia e Matemática

Consideradas como um só grupo, as ocupações desses setores, juntas, ocuparam o sexto lugar, com US$ 1.500 na média semanal.

 

“De acordo com dados do Global Gender Gap Report 2015, levantamento do Fórum Econômico Mundial, a diferença entre os salários entre homens e mulheres diminuiu nos últimos dez anos. Apesar de ser um sinal positivo, um estudo feito pela Robert Half mostra que muitos acreditam que homens e mulheres não têm as mesmas chances de crescimento profissional”, afirma artigo da Robert Half.

No Brasil, como informa o site de notícias G1, “em 2014, as mulheres receberam 80% do salário dos homens, segundo o Cadastro Central de Empresas (Cempre) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Elas receberam, em média, R$ 2.016,63 mensais no ano, enquanto eles recebiam R$ 2.512,07, apontou a pesquisa”.

 

 

logo-aiec-facebookAIEC, o único sistema de ensino a distância com qualidade superior ao presencial.

Conheça nossos cursos, clicando aqui.

 

 

E então, qual a sua opinião sobre a diferença salarial entre homens e mulheres no Brasil? Conte para nós! Deixe seu comentário aqui no Blog da AIEC ou entre em contato conosco no Facebook  ou pelo e-mail atendimento@aiec.br

 

Fonte: Robert Half | G1.