7 erros de português que você não cometerá mais

icone calendario20.11.2014 - 09:00

A nossa língua não é simples e é sempre possível cometer pequenos deslizes. Contudo, no ambiente de trabalho, alguns erros de português podem comprometer a credibilidade do texto e de quem o escreve. 

Quem nunca teve dúvida sobre a grafia correta de uma palavra? Mesmo os que estudam a Língua Portuguesa frequentemente estão sujeitos a ter que consultar o dicionário para esclarecer certas dúvidas, visto que nosso idioma é complexo e cheio de variações. Para te ajudar a não cometer os erros de português mais frequentes no mundo corporativo, o Blog da AIEC selecionou algumas palavras e expressões que costumam nos deixar com “uma pulga atrás da orelha”.

homem-com-pressa-atrasado-olhando-no-relogio-1278433928127_300x2301. A pouco ou Há pouco

Lembre-se: quando a ideia é de futuro, ou seja, uma ação que ainda vai ocorrer, utilizamos o “a” e não “há”.

Incorreto: Passo na sua sala daqui pouco.

Correto: Passo na sua sala daqui a pouco.

2. A prazo ou à prazo

Lembre-se: não é permitido usar crase antes de palavra masculina.

Incorreto: Essa venda faremos à prazo.

Correto: Essa venda faremos a prazo.

3. A vista ou à vista

Lembre-se: diferentemente do item anterior, antes de palavras femininas podemos usar a crase e, o caso de “à vista” vem do fato de ser um acento de diferenciação, para não causar ambiguidade. Caso contrário, poderíamos interpretar que a pessoa está vendendo o órgão responsável pela visão.

Incorreto: Essa venda faremos a vista.

Correto: Essa venda faremos à vista.

4. Cumprimento ou Comprimento

Lembre-se: Comprimento está relacionado ao tamanho de algo e cumprimento pode estar relacionado à saudação ou à realização de tarefas.

Incorreto: Você sabe o cumprimento dessa mesa?

Correto: Você sabe o comprimento dessa mesa?

5. Consiste de ou Consiste em

Lembre-se: Consistir é verbo transitivo indireto e requer complemento regido da preposição em.

Incorreto: O processo consiste de nove passos.

Correto: O processo consiste em nove passos.

Pés das mulheres e dos homens em uma pressa6. Desapercebidas ou despercebidas

Lembre-se: Desapercebido significa desprovido de, desprevenido. Já despercebido significa não notado, não percebido.

Exemplo 1: Não parei para cumprimenta-lo porque estava desapercebido.

Exemplo 2: O erro passou despercebido pela equipe da redação do jornal.

7. Descrição ou discrição

Lembre-se: Descrição refere-se ao ato de descrever. Já discrição significa ser discreto.

Exemplo 1: Ela fez a descrição do objeto. (ela descreveu)

Exemplo 2: Ela age com discrição.

Essas são dúvidas simples que podem ser sanadas com uma pesquisa. Mas, no ambiente de trabalho, podemos esbarrar em dificuldades mais complexas que podem comprometer nosso desenvolvimento. Pensando nessa necessidade e também nos alunos que buscam melhorar seu desempenho acadêmico, a Faculdade AIEC oferece o Curso de Extensão Leitura e Interpretação de Texto. Saiba mais sobre ele e inscreva-se, clicando aqui.

 

E então, o que achou do artigo? Deixe seu comentário aqui no Blog da AIEC ou entre em contato conosco no Facebook ou pelo e-mail atendimento@aiec.br Fonte: Exame.com.