Linguagem corporal

Especialistas dão dicas sobre linguagem corporal

icone calendario04.12.2014 - 10:33

“Nossas mensagens não verbais definem o que as outras pessoas vão achar de nós” – essa afirmação da psicóloga Amy Cuddy define bem a relevância da nossa linguagem corporal no dia a dia. Em artigo publicado no site Administradores, Leonhard Widrich, cofundador do Buffer, aborda alguns detalhes desse assunto. Ele explica que a comunicação feita pelo nosso corpo é muito natural e antiga, tanto é que até mesmo os cegos, que nunca enxergaram sequer uma vez, se expressam através do corpo.

 

Baseando-se no estudo feito por Amy Cuddy, Leonhard selecionou algumas dicas que podem nos ajudar a reavaliar nossas posturas em momentos importantes do nosso trabalho. Primeiramente, ele explica que a nossa linguagem corporal é grandemente influenciada por nossos sentimentos internos, que são influenciados basicamente por dois hormônios:

– a testosterona, que é o hormônio do poder e ajuda na nossa liderança, foco e atenção;

– o cortisol, que é menos resistente ao estresse;

 

Sabendo desses fatores, vejamos as dicas listadas para melhorar nossa linguagem corporal.

Conversa a dois

1. Observe a posição do pé

Não olhe somente para a face. Lembre-se que a posição dos pés indicam se a pessoa com quem você conversa está ou não interessada em falar com você. Quando você chega ao encontro de duas pessoas conversando, se elas movem os pés abrindo espaço para que você entre, quer dizer que estão interessadas em sua participação. Contudo, se não moverem, quer dizer que preferem continuar conversando somente os dois.

 

2. Sorria

Uma dica interessante de Leonhard é sorrir um pouco, em um local tranquilo (nem que seja no banheiro), antes de enfrentar uma situação difícil. Pesquisadores da Universidade de Cardiff afirmam que mesmo não estando muito alegre, quando sorrimos algumas parte do corpo recebem a informação e podem acabar se influenciando com isso.

 

3. Realinhe seu corpo

A psicóloga Cuddy sugere que ao conversar com alguém, você alinhe seu corpo com o da outra pessoa. Se ela está sentada, procure ficar sentada. Fique de frente ou ombro a ombro. Assim, será mais fácil encontrar uma solução para o problema que vocês precisarem resolver.

Respirar fundo

4. Baixe o tom da sua voz com uma respiração profunda

Como Leonhard mesmo afirma, talvez isso não seja exatamente uma expressão corporal, mas é muito importante. Cargos de liderança geralmente são dados a pessoas com a voz profunda. Para conseguir isso, tente respirar fundo e liberar a área da garganta. Líderes devem ser ouvidos sem a necessidade de falar mais alto que seus liderados.

5. Veja as outras dicas de Amy Cuddy

Confira outras dicas dadas por Amy no Ted Talks. O vídeo está em inglês, mas é bastante interessante.

 

 

Confira as dicas de Leonhard Widrich na íntegra.

 

Estudando a distânciaEssas dicas são valiosas e agora você pode prestar mais atenção em sua linguagem corporal. Mas antes de uma entrevista, é importante que você seja um profissional capacitado e diferenciado para que a vaga seja sua. Para isso, qualifique-se em uma Faculdade que é comprovadamente de qualidade. Conheça os cursos da Faculdade AIEC.

 

O que achou das dicas? Deixe seu comentário aqui no Blog da AIEC ou entre em contato conosco no Facebook  ou pelo e-mail atendimento@aiec.br

 

Fonte: Administradores.com | TED Talks.