Trabalho voluntário no currículo: um diferencial

icone calendario17.06.2015 - 16:12

Segundo o site BBC, uma pesquisa de 2013 da consultoria Deloitte mostrou que quatro em cada cinco diretores de recursos humanos prestam bastante atenção a experiências adquiridas em trabalho voluntário na hora de contratar. Mas você sabe por que isso acontece? O trabalho voluntário sinaliza algumas características profissionais que são muito valorizadas em determinadas empresas. Além disso, muitas companhias realizam trabalhos voltados para a comunidade e, consequentemente, se interessa por pessoas que queiram abraçar esse tipo de causa.

Veja a seguir, quais diferenciais um candidato com trabalho voluntário no currículo pode demonstrar.

1. Convivência

Geralmente, em serviços voluntários, as pessoas convivem com realidades diferentes das delas e, ainda, precisam unir forças com outros voluntários que têm profissões, objetivos, formas de pensar que podem ser desconhecidas para ela. Se o trabalho proposto foi realizado com sucesso, é sinal de que o voluntário pôde aprender muito com a situação.

2. Relacionamento

ajuda Provavelmente, um voluntário pode ter a capacidade de se relacionar bem com todas as pessoas da empresa, desde o presidente até o copeiro, pois sabe respeitar a posição de cada um deles.

3. Valor

O fato de ele se dispor a sair de sua zona de conforto para conhecer outra realidade, demonstra que ele realmente dá valor às causas que ele acredita.

4. Trabalho em equipe

A maior parte dos trabalhos voluntários são feitos em equipe e muitas vezes esses grupos não têm uma liderança preparada e estruturada como nas empresas, o que exige ainda mais união dos participantes para que o trabalho seja produtivo.

5.  Experiência

Volu-workEm situações de primeiro emprego, o trabalho voluntário pode fazer muita diferença para um candidato. Quando o primeiro empregador se depara com um jovem recém-formado e sem experiência em outras empresas, mas que realiza trabalhos voluntários, ele pode ter um pouco mais de confiança na contratação, visto que esse candidato demonstrou proatividade, capacidade de trabalhar em grupo, cumprir tarefas, ter responsabilidade etc.

 

 

São muitas as vantagens que se tem com um trabalho voluntário no currículo, mas isso deve ser utilizado de forma correta. Se usado erroneamente, o recrutador pode entender que a atividade, por ser extra, poderá ocupar demais o funcionário e fazer com que ele perca rendimento. Então, antes de tudo, é necessário analisar a empresa, o cargo, a área, etc.

Lembre-se também que participar de um serviço voluntário só para constar no currículo não é o mais interessante. Aqueles que realmente abraçam a causa é que vão demonstrar naturalmente o que aprenderam com isso.

 

logo-aiec-facebookVocê já conhece os cursos de graduação da Faculdade AIEC?
Não perca tempo, venha conhecer. Clique aqui.

AIEC, ensino a distância levado a sério.

 

E então, você realiza trabalhos voluntários? Percebe que isso te proporciona um diferencial? Conte pra gente. Deixe sua mensagem aqui no Blog da AIEC ou entre em contato conosco no Facebook.

Fonte: BBC | Dicas Profissionais | Blog da AIEC