Notas de cem reais

Tesouro Direto: entenda o que é e como funciona

icone calendario14.05.2014 - 10:37

Deixar dinheiro na poupança por muito tempo esperando os rendimentos nem sempre é a melhor opção. Segundo especialistas, para o pequeno investidor, o Tesouro Direto pode ser considerado uma boa opção de investimento de baixo custo e segura. Então, para auxiliar os leitores do Blog da AIEC, selecionamos algumas informações importantes. Confira a seguir.

 

O que é o Tesouro Direto?

É um programa de venda de títulos públicos para pessoas físicas, via internet. Os títulos são emitidos pelo Governo Federal que tem como objetivo juntar recursos para financiar algumas de suas atividades. Segundo a BM&FBovespa, trata-se de um investimento de renda fixa para quem busca tranquilidade e segurança.

 

Como investir?

 

  • Onde comprar?

No caso do Tesouro Direto, o investidor pode comprar títulos diretamente na Secretaria do Tesouro, pela internet.

 

  • Quem pode comprar?

Veja quais os pré-requisitos para realizar a compra:

1 – Morar no Brasil

2 – Ter um CPF

3 – Estar cadastrado em um banco ou corretora autorizada pela Secretaria do Tesouro Nacional – é como abrir uma conta no banco, será necessário informar o nome, profissão, endereço, RG, CPF e entregar comprovantes destes documentos.

 

  • Quanto custa?

Com cerca de R$ 30,00 já é possível investir no Tesouro Direto, contudo algumas corretoras cobram taxas para administrar seus investimentos e outras não. A BM&FBovespa recomenda que o investidor pesquise antes de escolher sua corretora, afim de gerenciar melhor estes custos.

 

  • Qual o primeiro passo? – Defina um objetivo.

A BM&FBovespa recomenda que antes de investir o comprador defina qual seu objetivo e, principalmente, quanto tempo pretende esperar pelo rendimento desse investimento. O prazo programado para resgatar o valor irá definir todas as ações seguintes.

 

  • Qual o segundo passo? – Escolher o seu título.

Existem dois grandes tipos de títulos públicos: os prefixados e os pós-fixados.

Títulos prefixados: a taxa de juros é definida previamente, no momento que o investimento é feito. Assim é possível saber quando e quanto será ganho na aplicação.

Títulos pós-fixados: a rentabilidade é definida posteriormente, apenas na hora em que o investimento é resgatado. Podem estar ligados aos juros básicos da economia (Selic) ou à inflação.

Todos eles têm data de vencimento, ou seja, o dia em que o valor investido será pago de volta ao comprador. Contudo, é possível resgates antecipados, mas, nesse caso, o investidor receberá o valor de mercado do título no momento do resgate, podendo ser maior ou menor do que o valor investido.

 

  • Qual o terceiro passo? – Escolher sua corretora.

A corretora irá te auxiliar em diversos aspectos, identificando seu perfil como investidor, mostrando como funciona o mercado, fornecendo relatórios, etc. Nesse momento é importante pesquisar muito e conhecer bem os serviços oferecidos, para só depois abrir sua conta na corretora escolhida.

 

Investimentos e carreira

O Tesouro Direto pode ser uma boa alternativa de investimento para seu dinheiro, mas se você se interessa pela área de finanças também deve pensar em investir na sua carreira. Profissões ligadas à gestão do mercado financeiro estão entre as mais promissoras para os próximos anos. Se você é graduado, conheça o MBA em Finanças. O curso facilita a obtenção das certificações profissionais da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais – ANBIMA. Para quem vai iniciar a vida acadêmica e pretende alcançar seus objetivos em tempo reduzido, conheça o Tecnólogo em Gestão Financeira, com duração de quatro semestres.

 

Resumindo o Tesouro Direto

Para entender de forma mais simplificada como funciona esse tipo de investimento, assista ao vídeo a seguir da BM&FBovespa.

 

 

Em 2011 houve alterações em algumas regras mais específicas do Tesouro Direto. Saiba quais foram ouvindo o comentário de Mauro Halfeld na Rádio CBN.

 

 

Fonte: BM&FBovespa, com informações de UOL economia e InfoMoney.