Quanto ganha um administrador: salário em 7 áreas de atuação

Quer saber quanto ganha um administrador?

É claro que essa não é uma resposta simples de se dar. Afinal, o salário, de qualquer que seja a profissão, depende de uma série de fatores.

Entre eles, a experiência, a capacitação, o segmento escolhido e o porte da empresa em que se atua ou na qual deseja trabalhar.

Mas, ainda assim, é possível calcular uma média, levando em conta alguns desses elementos.

Diversas ferramentas online disponibilizam esse tipo de serviço, que serve de parâmetro para saber se determinada carreira está valorizada ou não.

Se você quer saber, de fato, quanto ganha um administrador, este artigo pode ser útil.

Reunimos algumas pesquisas que trazem as médias salariais nas principais áreas de atuação da profissão para quem já está formado e busca um nicho para se colocar.

Além disso, preparamos algumas dicas especiais para aqueles que desejam se tornar um administrador ou se especializar na área.

E aí, se encaixa em algum desses perfis ou está apenas curioso?

Então, fique conosco e boa leitura!

administrador

Quanto ganha um administrador?

Mas, afinal, quanto ganha um administrador?

Para responder a essa pergunta complexa, nós resolvemos consultar sites de classificados de empregos que calculam a média salarial das mais variadas profissões entre outros serviços.

Os critérios utilizados para a escolha das plataformas foram o número de amostragem (salários cadastrados no seu banco de dados) e a abrangência (quantidade de áreas de atuação com informações disponíveis nos portais).

Com base nesse método, chegamos a três páginas: Glassdoor, Catho e Trabalha Brasil.

Vale ressaltar, no entanto, que nem sempre encontramos pesquisas em todos esses sites para determinados segmentos, conforme você vai perceber na sequência.

Voltando para a pergunta inicial “quanto ganha um administrador”, encontramos resultados bem distintos.

No levantamento feito pela Glassdoor, por exemplo, a média salarial ficou em R$ 2.173,00. Já a pesquisa feita pela Catho mostrou um rendimento médio mensal de R$ 2.537,82.

Por fim, o estudo da Trabalha Brasil, que é um pouco mais complexo, pois leva em conta o porte da empresa em que o profissional atua e o grau de senioridade do cargo, teve médias ainda mais discrepantes.

Considerando um administrador pleno atuando em uma empresa de porte intermediário, o valor foi de R$ 4.796,75.

Ou seja, mais que o dobro do primeiro levantamento e quase isso em relação ao segundo.

Quanto ganha um administrador de empresas?

Quando partimos para as especializações, as disparidades aumentam ainda mais.

Para se ter uma ideia, no estudo da Glassdoor a média salarial de um administrador de empresas ficou em R$ 5.830,00, mais que o dobro dos R$ 2.681,26 levantados pela pesquisa da Catho.

Entre os dois ficou o levantamento da Trabalha Brasil, que, seguindo o mesmo exemplo do item anterior (funcionário de nível pleno trabalhando em empresa de porte médio), teve como resultado R$ 4.796,75 de rendimento médio.

Aqui, essa diferença até se explica um pouco mais.

Afinal, quando falamos de administrador de empresas, fica complicado estimar um rendimento médio sem estipular um parâmetro para o tamanho da organização.

Por isso, o registro feito pela Trabalha Brasil se mostra um pouco mais confiável nesse sentido.

Quanto ganha um administrador de banco de dados?

Esse profissional implementa soluções de sistemas integrados de informação e analisa processos, pesquisando falhas e encontrando saídas inteligentes.

Por ser um trabalho um tanto quanto complexo, de todas as áreas de atuações de um administrador trazidas neste artigo, a de banco de dados é aquela que possui uma média salarial mais equilibrada nos três sites de cadastro de emprego usados como fonte.

Mais uma vez, a pesquisa da Glassdoor foi a que apresentou o resultado mais alto, com R$ 6.018,00 de rendimento mensal médio para a categoria.

Ficou menos de R$ 100,00 acima dos R$ 5.921,18 do levantamento feito pelo site da Catho.

Já o banco de dados da Trabalha Brasil registrou uma média salarial de R$ 5.291,25.

Quanto ganha um administrador de sistemas?

Assim como a categoria anterior, o administrador de sistemas também é uma profissão bastante valorizada.

Até porque as áreas de atuações são afins.

Esse profissional lida diretamente com tecnologia da informação, definindo a segurança da navegação e dos dados de tráfego.

No levantamento feito pela Glassdoor, a média salarial da categoria ficou em R$ 4.314,00, levemente superior ao estudo da Trabalha Brasil, com R$ 3.411,50, e um pouco mais do que à pesquisa da Catho com R$ 3.331,21.

Quanto ganha um administrador predial?

Um administrador predial ou de edifícios cuida da manutenção, da contabilidade, da segurança, entre outros pontos de uma construção.

Com o mercado imobiliário em crise, o setor não está muito valorizado, algo que é refletido nas médias salariais.

No estudo da Catho, o rendimento mensal médio da categoria ficou na casa dos R$ 1.288,24, enquanto no levantamento feito pelo Trabalha Brasil o valor foi de R$ 2.990,43.

Na pesquisa realizada na Glassdoor, a média salarial de um administrador de edifícios gira em torno de R$ 2.204,00.

Quanto ganha um administrador recém-formado?

Nem Glassdoor, nem Catho levam em conta a experiência dos profissionais na hora de calcular a média salarial em qualquer que seja a área.

Sendo assim, só nos resta a pesquisa do Trabalha Brasil como base.

Levando em conta que um administrador recém-formado começa como trainee ou, no máximo, júnior, a variação se dará, principalmente, pelo tamanho da empresa em que se atua.

Por exemplo, segundo o estudo, um trainee em uma empresa de pequeno porte recebe, em média, R$ 2.361,48.

No entanto, seu salário pode saltar para quase R$ 4.000,00 se ele for contratado por uma multinacional.

O mesmo vale para um administrador júnior. Nesse caso, a variação é de R$ 2.951,85 para R$ 4.988,62. Ou seja, uma valorização de mais de dois mil reais.

Quanto ganha um administrador hospitalar?

Quem escolhe essa carreira assume a responsabilidade pela gestão e cuidado de hospitais públicos, privados e filantrópicos, casas de saúde, clínicas, laboratórios e outras infraestruturas ligadas à saúde.

A administração hospitalar é uma das áreas de atuação mais valorizadas da profissão.

Isso fica bem claro nas médias salariais dos três portais que, apesar de bem díspares, são altíssimas.

O levantamento da Glassdoor é o mais alto com um rendimento médio de mais de R$ 9.000,00. O estudo da Catho é o segundo, com valores acima dos R$ 6.200.

Enquanto a pesquisa da Trabalha Brasil, desta vez, teve a média mais baixa, ainda assim, próxima aos R$ 5.000,00.

Quanto ganha um administrador de recursos humanos?

Mesmo com as empresas cada vez mais preocupadas com o seu capital intelectual, o administrador de recursos humanos é uma das áreas de atuação menos valorizadas.

E é interessante perceber que não importa o porte da organização: o profissional possui, de fato, uma média salarial mais baixa quando comparada a outros segmentos, conforme mostra levantamento feito pelo Trabalha Brasil.

Por exemplo, mesmo um profissional de nível master ganha, no máximo, R$ 5.300,00 em uma multinacional. Um trainee, então, recebe até R$ 2.169,00 em uma companhia de mesmo tamanho.

Tanto Catho quanto Glassdoor não registraram média salarial para administrador de recursos humanos em seus portais.

Quanto ganha um administrador público?

O bacharel em administração pública atua não só no gerenciamento de instituições governamentais, como também exerce papel fundamental na criação de políticas públicas.

Os administradores públicos trabalham, geralmente, em ministérios, secretarias e outros órgãos públicos e, por essa razão, são quase sempre concursados.

Uma pesquisa rápida no site da Glassdoor mostra que a média salarial deste profissional fica em torno de R$ 5.663,00.

Segundo a Trabalha Brasil, um administrador público sênior, funcionário de uma instituição de grande porte, ganha, em média, R$ 6.044,64.

administrador

Como se tornar um administrador?

Como vimos, existem diversas opções, com oportunidades salariais também bem variadas, para quem deseja investir na carreira de administrador.

Mas, primeiro, você que ainda não tem formação superior, precisa cursar a faculdade de administração.

Para escolher a mais adequada aos seus objetivos, é importante pesar os prós e contras, se preparar e iniciar sua trajetória acadêmica.

Como é o curso de administração?

Entre as diferentes alternativas disponíveis, a Associação Internacional de Educação Continuada (AIEC) oferece o Curso de Bacharelado em Administração.

Com uma metodologia única, baseada em três pilares fundamentais (estudos de caso, dinâmica de sistema e plano de negócios), nosso curso oferece o que há de mais moderno e atualizado no mercado.

A AIEC se inspira nas principais universidades do mundo, como Harvard e MIT, por exemplo, para buscar a excelência e o compromisso com uma educação de qualidade.

Aulas online, acompanhamento pedagógico, trabalhos colaborativos, avaliações presenciais e tudo o que há de mais moderno e tecnológico em ambiente controlado de aprendizado também complementam esse jeito próprio de ensinar.

Tudo isso com a praticidade de o aluno estudar no seu ritmo e no conforto da sua casa, elementos que só uma faculdade de ensino a distância pode oferecer

Carga horária e grade curricular

Para se formar bacharel em administração, você vai passar por uma carga horária de 3060 horas e uma grade curricular com algumas das seguintes disciplinas:

  • Filosofia e ética
  • Liderança
  • Matemática e lógica
  • Contabilidade básica
  • Psicologia organizacional
  • Gestão empreendedora
  • Comunicação empresarial
  • Noções de Direito
  • Marketing estratégico
  • Macro e microeconomia
  • Inteligência competitiva
  • Plano de negócios
  • Administração financeira e orçamentária
  • Logística empresarial.

Confira a grade curricular completa, clicando aqui.

Administrador com MBA ganha mais?

Quanto mais capacitado for um profissional, maiores são as suas chances de ser valorizado e, consequentemente, receber um salário mais alto.

Por isso, qualquer que seja o tipo de curso de pós-graduação que você optar em fazer, como um mestrado e depois um doutorado ou uma especialização de cunho mais profissionalizante e mercadológica, como um MBA, a tendência é ganhar mais.

Isso porque o mercado de trabalho clama por mão de obra qualificada.

Os profissionais com mais experiência, conhecimento e habilidades se destacam perante os demais e acabam ocupando os cargos mais altos e mais bem remunerados.

Ou você escolheria um administrador recém-formado sem qualquer rodagem e predicados para assumir um posto de gestão no seu negócio no lugar de um candidato gabaritado com MBA?

O que é um MBA?

MBA é sigla para a expressão em inglês Master of Business Administration ou, em uma tradução livre para o português, Mestre em Administração de Negócios.

O MBA é uma modalidade de pós-graduação lato sensu, que possui duração mínima de 360 horas e concede ao estudante que a concluir um certificado e não um diploma.

Conforme dito anteriormente, é uma alternativa mais voltada ao mercado de trabalho, especialmente, para aqueles profissionais que desejam se tornar executivos e gestores de empresas, ainda que não seja restrito apenas a isso.

Na AIEC, são dois os cursos de MBA: Projetos de Financiamento e Finanças.

O primeiro tem uma carga horária de 540 horas e capacita o profissional a auxiliar empresas a conseguirem obter recursos financeiros e conquistarem um crescimento consistente.

Já o MBA em Finanças possui duração de 480 horas e forma especialistas em investimentos e gestores de carteiras e fundos.

As duas grades curriculares são bem parecidas, contendo disciplinas e conteúdos como:

  • Matemática financeira
  • Contabilidade empresarial
  • Marketing empresarial
  • Gestão de projeto
  • Gestão orçamentária
  • Análise de investimentos
  • Liderança
  • Ética.

Além disso, você tem acesso a uma metodologia exclusiva, quase 100% a distância, mas sem abrir mão de um ensino de qualidade.

Não à toa, a AIEC é a única faculdade EaD do Brasil com certificação internacional de qualidade, o ISO 9001.

Por isso, após fazer o bacharelado em administração, siga se capacitando e faça também um MBA.

O que está esperando? Acesse agora mesmo o nosso site, tire suas dúvidas e comece a investir na sua carreira.

administrador

Conclusão

A administração, assim como qualquer outra carreira, beneficia aquele profissional que se capacita e busca ser a melhor versão de si mesmo.

Por isso, mais do que escolher uma área de atuação pelo seu potencial, por ser uma tendência de mercado ou por pagar bem, se prepare para atuar no segmento que você se considera bom, que você se sente feliz.

Assim, você estará muito mais perto da realização profissional e não precisará se preocupar em qual nicho investir suas fichas para ganhar mais dinheiro.

E quando falamos em se capacitar, se preparar para ter sucesso na carreira, você já sabe com quem contar, não é mesmo?

Se respondeu AIEC, você acertou.

E aí, gostou do nosso artigo sobre quanto ganha um administrador?

Caso tenha achado esse conteúdo relevante, compartilhe com seus amigos nas suas redes sociais e não se esqueça de deixar seu comentário sobre o que acabou de ler no espaço logo abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *